sábado, 22 de setembro de 2012

Capitulo 2 - Independente




_ O que você fez?_ Perguntou incrédulo.
_Apenas a mesma coisa que fez comigo._ Sorri cínica passando meu dedo indicador na extensão de sua barba mal feita._ Não se preocupa amorzinho, tem muitas garotas nessa boate pra você levar pra cama. Você encontra outra._ Pisquei.
_Você não devia ter feito isso!_ Ameaçou sério.
_E o que você vai fazer?_ Perguntei desafiadora. Ele nada respondeu apenas me puxou para si iniciando um beijo. Eu claro que retribui, mas não poderia deixar ele se divertir tanto. Aproveitei mais um pouco o momento, mas logo o empurrei.  Ele riu sem humor algum enquanto negava com a cabeça.
_Mulher difícil._ Disse ainda rindo._ É assim que eu gosto._ Completou chegando mais perto.
_Não se atreva!_ Avisei pegando a chave do meu carro que havia chegado.
_Desculpa te decepcionar, mas eu não sou muito de seguir conselhos._ Andou até mim fazendo com que deitasse no capô do carro e ele ficasse por cima. Seu bafo denunciava que não estava nem um pouco sóbrio.
_Deveria!_ Disse direcionando um soco em seu nariz o fazendo sair de cima de mim. Minha mão doía e logo percebi a besteira que tinha feito.
_Por que você fez isso?_ Perguntou virando para mim com a mão onde havia batido. Seu nariz sangrava.
_Ai meu Deus o que eu fiz? _Falei preocupada._ Será que quebrou?_ Perguntei receosa.
_Você é violenta!_ Disse sorrindo.
_Vem, vou te levar a um hospital._ O puxei para o carro.
_Não preciso ir ao médico, daqui a pouco para de sangrar._ Disse enquanto seu sangue escorria pelo canto da boca.
_Entra logo nessa merda de carro!_ Estava nervosa ao vê-lo daquele jeito por minha causa. O mesmo apenas concordou entrando e mantendo-se calado o caminho inteiro.
Joseph já estava naquela sala há quase duas horas e nada de noticias. Estava preocupada com ele. De certo modo eu havia sido um tanto rude ao acerta-lo sendo que o mesmo estava bêbado. Não sabia explicar, mas tinha certeza de que se não fizesse aquilo, provavelmente eu o beijaria de novo e como da outra vez, eu iria querer mais. Já fazia um tempo que não namorava ninguém, definitivamente me sentia carente.
_Você está bem?_ Perguntei ao vê-lo sair da sala aparentemente sem nada machucado.
_Estou sim, não quebrou._ Me tranquilizou chegando mais perto.
_Se você quiser posso quebrar agora._ Disse sarcástica me afastando.
_Se esse for o preço para você ficar preocupada comigo._ Olhou para o teto pensativo._ Estou disposto a pagar._ Riu sarcástico.
_Vamos logo que vou te deixar em casa._ Sai em direção a saída do hospital.
_Eu não vou pra casa._ Disse seco e passando a minha frente.
_Que seja._ Continuei andando. Quando cheguei ao estacionamento e fui abrir meu carro pude ouvir que ele falava ao telefone. “Argh esse Nicholas me paga! Kevin eu não posso dormi na porta de um hospital, a minha chave ta com ele caramba!”.
_Joe?_ O chamei quando vi desligar o celular.
_Hum?_ Virou confuso pra mim.
_Pode dormi na minha casa._ Sorri amigável e ele sorriu em resposta.
_Não precisa, eu me viro._ Respondeu simples.
_Vem logo antes que eu me arrependa._ Entrei no carro o vendo entrar relutante no banco do passageiro.
_Pensando bem, pode ser legal dormi na sua casa..._ Disse sorrindo malicioso enquanto estávamos no caminho.
_Se eu fosse você nem tentaria._ Avisei piscando o olho um tanto cínica. Fomos em silêncio boa parte do caminho, até Joseph ligar o rádio em uma musica qualquer e começar a cantar empolgado.
_The Sun goes down the stars come out and all that counts Is here and now _ Cantava rindo como uma criança._ Canta comigo Demi._ Chamou já começando a dançar. Ele me fazia rir descontroladamente e sorrir boba quando me chamou pelo meu apelido.
                _Para Joseph!_ Fingi o repreender e ele só continuou.
                _You cast a spell on me, spell on me you hit me like the sky fell on me, fell on me and I decided you look well on me, well on me. _ Cantou olhando pra mim. Fingi não perceber continuando a rir, porém olhando para frente.
                _Chegamos._ Disse recuperando o fôlego assim que entramos no estacionamento do prédio. Desci do carro sendo seguida por ele.
                _Mora sozinha?_ Perguntou curioso quando entramos no elevador.
                _Gosto de ser independente._ Respondi simples._ Vem esse é meu andar._ O puxei para fora do elevador.
                _Mora sozinha em uma cobertura?_ Estava mais para um comentário do que para uma pergunta, mas a curiosidade estava estampada em seus olhos.
                _Deixa de ser besta e entra logo._ Disse rindo dele e abrindo a porta para que entrasse.
                _ Você é a pessoa mais gentil que eu já conheci._ Me olhou com um sorriso sínico no rosto.
                _E você o mais agradecido!_ Retribui com o mesmo sorriso._ Vou tomar um banho._ O avisei jogando minha bolsa na poltrona e indo em direção ao meu quarto._ Fique a vontade que já volto._ Apenas escutei ele sussurrar um “ok”.
                Depois de tirar toda aquela roupa cheirando a cigarro, fumaça artificial e bebida, entrei no chuveiro. A água morna escorria por meu corpo levando consigo toda a tensão que a balada me causava. Era bom, porém sempre me deixava um tanto mal depois que todo aquele clima acabava. Imersa em pensamentos, comecei a lembrar de Joseph interrompendo meu momento com Logan. Não vi motivo algum para que ele fizesse isso, mas sorri boba ao pensar que por um momento ele possa ter sentido ciúmes. Era ilusão pensar que eu poderia ter sido importante para ele ou qualquer um que fosse. Terminei meu banho e voltei enrolada na toalha para meu quarto ainda pensativa.
                _Pensei que tinha se afogado!_ Levei um susto ao ver que Joseph estava sentado em minha cama. Ele percebeu minha expressão e riu gostosamente.
                _O que faz no meu quarto?_ Perguntei séria.
                _Você me disse para ficar a vontade e como não voltava logo decidi vim te procurar._ Deu de ombros. Bufei virando as costas e indo em direção ao meu closet.
                _Imaginou que eu poderia estar nua?_ Perguntei em tom irônico.
                _Evitei imaginar tal perfeição._ Sorriu ao ver que o encarava surpresa._ Que foi? Eu com certeza iria te agarrar e você iria me expulsar daqui._ Olhou para o lado descontraidamente logo voltando o olhar para mim um tanto malicioso._ Ou não..._ Riu mais ainda.
                _Estou vendo que até amanhã ainda quebro seu nariz._ Disse divertida.
                _Já disse que pago esse preço se você ficar comigo._ Comentou simples sem tirar os olhos de mim.
                _Ta, mas agora pode me dar licença que vou me trocar?_ Pedi um tanto rude.
                _Ah não se preocupe comigo, não me importo que se troque aqui na minha frente._ Deu de ombros, mas logo começou a gargalhar quando me virei o fuzilando com os olhos._ Já to saindo!_ Disse levantando as mãos como se estivesse se rendendo e saindo do quarto rapidamente.
                Vasculhei meu closet em busca de algum pijama que não fosse curto, mas não consegui encontrar nenhum. Não conseguia dormi com roupas compridas ou calças, então nem ia adiantar colocar. Optei por um rosa com branco que era meu preferido. Terminei de me “arrumar” e fui ao encontro de Joseph.
                _Aqui tem uma toalha, um sabonete e uma muda de roupa para você poder tomar banho._ Disse lhe entregando tudo._ O banheiro você pode usar o do meu quarto ou o da ultima porta virando a esquerda._ Apontei para o corredor.
                _De quem é essa roupa?_ Perguntou erguendo uma sobrancelha.
                _Do meu ex-namorado._ Respondi simples._ Creio que caiba em você!_ Completei me sentando no sofá e ligando a TV.
                _Eu não vou usar roupa do seu ex-namorado._ Disse indignado.
                _Então vai dormi no chão._ Falei sem olhá-lo. Ele nada respondeu, apenas bufou e foi para meu quarto. Sorri vitoriosa.
                Fiquei mudando de canal por um tempo mais não passava nada de bom na TV. Decidi ir fazer alguns sanduíches para comer com Joseph quando saísse do banho. Estava na pia lavando minhas mãos quando senti seus braços rodearem minha cintura. Assustei com seu toque e isso o fez rir.
                _Da pra parar de me agarrar?_ Falei fechando a torneira e virando para ele que ainda me abraçava. Nossos rostos ficaram a poucos centímetros, o que me fez imaginar o beijando novamente. Seus olhos eram penetrantes e seu sorriso me fazia querer ficar ali por tempo indeterminado.
                _E se eu não quiser parar?_ Perguntou desafiador me puxando para si.
Nossos olhares não se desgrudavam. Fechei meus olhos quando senti seus lábios roçarem nos meus. Tentei o empurrar pelo peito mais percebi que ele estava sem camisa, me fazendo tocar em sua pele quente. Não demorou muito para nos beijarmos. O beijo era calmo, assim como seus toques. Quando nos separamos o vi sorrir de canto enquanto sua testa estava colada a minha. O empurrei levemente ainda com minha mão em seu peito e desviei o olhar.
_Er... Eu fiz alguns sanduíches._ Andei até a mesa._ Espero que esteja com fome._ Dei de ombros.
_Obrigada._ Sussurrou um tanto desapontado.
Pegamos um pouco de suco e fomos assistir a um filme. Ambos não estávamos com sono, então resolvemos ficar pela sala mesmo aproveitando a companhia um do outro.
_Não se sente solitária nessa casa?_ Perguntou me encarando. Estávamos sentados no mesmo sofá cobertos por um cobertor que eu havia ido buscar.
_Às vezes._ Dei de ombros._Com o tempo você acostuma._Disse obvia.
_Por que não mora com seus pais?_Continuou a perguntar.
_Eu morava com eles até terminar a escola._ Disse voltando a olhar para a TV._ Quando me formei decidi que não iria mais morar no interior. Não é muito minha cara morar em lugares calmos._Expliquei.
_Cursa o que?_ Ele não parava de me olhar.
_Contabilidade._ Ri de mim mesma.
_Boa escolha!_ Elogiou voltando a olhar para a TV.
_Nos encontramos primeiramente na faculdade, então faz qual curso?_ Tentei manter a conversa.
_Já sou formado._ Disse agora encontrando meu olhar que estava sobre si. Convenhamos que o corpo de Joseph é uma perdição e ele ainda fica sem camisa do meu lado._ Cursei Direito lá há cinco anos. Quando nos encontramos só havia passado para marcar de ir à balada com alguns amigos de lá._ Explicou.
_Já que tocou no assunto “balada”, da pra me dizer por que fez aquilo com o Logan?_ O questionei demonstrando indignação.
_Não é da sua conta._ Respondeu sarcástico.
_Adeus momento de paz._ Revirei os olhos.
Ficamos vendo o filme entre risadas provocadas pelas cenas “sem noção” que aparecia. Estava me sentindo confortável com ele ali comigo. Parecíamos nos conhecer a anos, mas na verdade eram apenas horas.
_Demetria?_ Chamou enquanto eu ria de mais uma cena. O olhei e percebi que ele me encarava com uma expressão que eu não conseguia definir.

Continua...

Sério que estão gostando pessoal? Eu amei todos os comentários, só não estou respondendo por que da um pouquinho de trabalho e eu to pegando o tempo que tenho para ir escrevendo. Sou um pouco perfeccionista de mais, então eu acabo escrevendo a história e depois voltando e relendo para mudar algumas coisas. Ai demora né? xoxo.
Ah, perguntaram nos comentários se a Selena vai entrar na história. Eu não sei, mas se entrar não será como amiga da Demi xoxo;*
Sobre os selinhos, eu estou vendo todos, mas vou juntar uma boa quantidade e fazer um post só para eles ;)
Obrigada mesmo, e lembrem-se que leio todos ok?
Ah outro aviso. Eu desativei meu twitter por tempo indeterminado e por consequência a ask foi junto. Sei que muitas falaram comigo por lá, mas eu precisei fazer isso =/ Mas podem me mandar email no ddlovatoClubr@hotmail.com :)

25 comentários para o próximo.

31 comentários:

  1. amoreeeeee amie, perfeito como o outros, cara o que o Joe quer dizer a ela???? E que amassos esse do Joe e da Demi, fiquei com pena do Joe pelo soco de demi, ela é agressiva né?...
    Beijos e posta logo!!!!
    :*

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaaah Como assim não terá Semi ??? Diley é vida mas Semi !!!!! Aneeem #xatiada feat. bolada

    kkkkk Mas é sérioooo floor :(

    Mas o capitulo ta uma perdição eei kkkkkkk Joeee com seu tanquinho d foraaa :D Os beeijos lindos e hots kkkkk pareeei

    ResponderExcluir
  3. Meu, a Demi tá perdendo tempo...
    se eu fosse ela já teria agarrado o Joe u.u
    kkkkkkkkk...
    menina, quero saber o que ele vai dizer!
    posta logo! :)
    bjs!

    ResponderExcluir
  4. liiindo :3
    Ameei o capitulo *-*
    Pooosta logo, pleeeease <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaah perfect *--*
    Incrivel! Serio, mto bom! ;D
    Pooosta mais ,gamei ;3
    :** xoxos cm glitter hahaha

    ResponderExcluir
  6. -pooooooooooooooooooooooostaa rapido

    ResponderExcluir
  7. que lindo flor.. posta logo :)

    ResponderExcluir
  8. *------------------------------------------------* Pooosta looogo guria '-' Povõh lerdo do meu s2 COMEEEEEEEEEEENTA QUE EU QUERO MAIS ><' Como consegues escrever uma história tão perfeita??? o.O'

    ResponderExcluir
  9. lindoooooooooooooo
    posta logooooooooooo

    ResponderExcluir
  10. a como sempre perfeito
    ´posta logo
    bjs linda !

    ResponderExcluir
  11. meninas, posta logo

    esse cap tava uma perfeição...

    lindo demais

    jemi forever

    bjo bjo e posta logo

    ResponderExcluir
  12. Que perfeição de fic é essa??
    A MELHOR .. Rs'
    Ah, sera que poderia divulgar o meu ??
    - http://jemi-invisibleforyou.blogspot.co
    Obrigada&Posta Logo :*

    ResponderExcluir
  13. Amei!
    Como assim não vai ter Semi???? O jeito é acustumar com Diley hehe. :)

    POSTA LOGO!

    ResponderExcluir
  14. aaah mt bom... posta logooo haha

    ResponderExcluir
  15. AHHH AMEI O CAPITULO MT LINDDO *-* posta logo please
    Beijos Bia @bssouza_

    ResponderExcluir
  16. Posta logo Por Favor <33

    ResponderExcluir
  17. P*ta que pariu! ~desculpa pelo palavrão, mas foi necessário porque eu estou em estado de choque~ Cara, você postou sábado e eu só vim ler hoje? Como assim? Eu visito o blog todo santo dia e não tinha nada! D: Enfim... O capítulo ficou perfeito! sakfnjskjfsd To amando demais, demais, demais! Essas provocações deles são A+! :D
    Ah, nem vou poder mais te ameaçar via ask.fm. :( Poxa! -nnn
    Posta logo se não eu morro aqui! :(
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  18. Ajuda a divulgar que a moderação daqui ta aberta? Agradeço. :3

    ResponderExcluir
  19. Nossa garota kkk essa fic vai render altas risadas! to amando.. alias essa cena ta hilária! mal posso esperar pelo proximo capitulo ('66 kkkkkkkkkkkkkkkk posta logo, enrola não! u_u

    ResponderExcluir

Comentários lindos *-*